Emendas – teoria

Agora elétrica Olá pessoal tudo bem esta no ar o agora elétrica ” som de arco elétrico ” esta no ar o agora eletrica e hoje vamos continua o assunto do vídeo anterior estamos agora com emendas parte dois a teoria como se teoria fosse algo bom bem pessoal hoje vamos esta concluindo ou pelo menos dando mais um parecer a respeito das emendas pode parecer que não mas são vídeos que vão demorar pra caramba apesar de parecer um assunto simples tem muito chão ai pra percorrer claro que eu assim como vocês não quero tanto chão assim porque sapato tá custando caro e com essa crise tá pior ainda em fim vamos continuar ai com parte das emendas eu disse que ia fazer o vídeo falando do porque há um certo ponto de aquecimento na emenda e eu quero exemplificar aqui pra vocês com um grupo de desenhos bem safados que agente usa aquela “fotoshopada” do paint basico pra fazer mas acho que dá pra exemplificar bem vocês vão entender, o que eu estou querendo dizer projetando aqui atrás de mim eu vou colocar uma série de desenhos aqui pra vocês tentarem entender um pouquinho do porque, quando você faz uma emenda naquele ponto, você gera um ponto de resistencia maior do que se o cabo fosse inteiriço gerando o aquecimento por isso que emenda tem que ser bem feita como disse na aula passada e mostrei na pratica como fazer algumas bem olhando aqui essa imagem não meu filho, a outra a outra velho dos cabos isso segura ai, essa imagem mesmo então pessoal aqui eu fiz a exemplificação de um cabo flexível internamente ele é composto dessa forma uma série de fiozinhos aqui é exemplificação vista em corte você percebe que cada fio desse aqui eles possuem uma área e a somatória dessas áreas da a sua seção nominal dá a seção nominal do cabo o que acontece quando você faz uma emenda é que você perde o referencial dessa seção nominal do cabo por exemplo: se o cabo for de 4 milimetro no ponto da emenda você não ter mais o cabo de 4 milimetro talvez seja mais fácil de exemplificar mudando a imagem é mais simples de exemplificar quando falamos do cabo rígido então vamos mudar a imagem para o cabo rígido isso quando você muda certinho eu agradeço isso mantem essa imagem ai o cabo rígido ele é um único fio então ele possui só uma seção nominal e visto em corto ele é assim basicamente um circulo então quando você coloca a união de dois cabos rígidos perceba o que acontece aqui uma cabo rigido vai ficar assim, encostado no outro quando você faz a emenda, do jeito que aparece na imagem então você concorda que a união onde há o ponto de contato do cabo rído bem ali, o ponto de contato do cabo rígido ali possui uma seção nominal, bem menor que seção que a seção nominal que o cabo realmente tem quando o cabo é interiço, se le for um cabo de 2,5mm interiço ele tem essa seção porém quando você a união dos cabos quando o cabo é rígido, você tem uma perda de seção nominal naquele ponto ali então é como se você não tive-se um cabo de 2,5mm é como se você tivesse alí, um cabo de 2mm dois ponto dois você não vai ter mais naquele ponto uma cabo de 2,5mm isso é facilmente percebido quando desenhamos as seções nominais dessa forma agora por exemplo: se você pega o cabo flexível, o cabo flexível é melhor porque já que os fios vão intercalando quando você faz a emenda você melhora as suas áreas de contato porque vários cabos vão esta entrelaçando entre sí então é como se você tivesse a união de mais pontos de contato do cabo o que melhora a sua condutibilidade só que, veja bem Quando você pega o cabo rígido você tem aproximadamente ali quando você tem a união deles você tem a união de aproximadamente 20% da sua seção nominal agora quando você utiliza o cabo flexível é muito melhor, porque você tem um rendimento de 80% da seção nominal um rendimento aproximado então por exemplo no cabo flexível você teria um desempenho melhor, na hora de você fechar a sua emenda embora o cabo rígido tenha uma resistência mecânica melhor ele conduz pior por isso ele deixou de ser muito usado, principalmente para instalações eletricas muitas pessoas já não usam mais o cabo rígido porque ele é mais difícil de se trabalhar você tem um menor desempenho em termos de emendas então é recomendado que você use o cabo flexível então seguindo esse raciocino aqui esse é o único motivo tambem pela qual você tem uma perda significativa de condutibilidade nesses pontos bem espero que eu tenha ajudado vocês se gostou clique em gostei favorite o vídeo e lembre-se mais vale um pássaro na mão, que dois voando o que não tem nada a ver com o vídeo só deu vontade de falar fui