Energia solar fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica transforma irradiação solar diretamente em energia elétrica e não passa por energia térmica.

São semicondutores as células de energia, geralmente de silício que quando exposta à luz, parte dos elétrons do material iluminado absorve fótons.

Através de um semicondutor os elétrons são puxados por um campo elétrico. Na área de junção dos materiais é onde é formado este campo elétrico, por uma diferença de potencial elétrico. São levados para fora das células de energia solar os elétrons livres e ficam disponíveis para serem utilizados como energia elétrica.

Hoje mais de 30 mil empresas e casas brasileiras já produzem a energia que precisam utilizando placas solares.

Os primeiros setores a investir na produção da própria energia foram às pequenas indústrias, e a partir disso, vários outros setores estão procurando a autossuficiência.

Como a irradiação solar no Brasil é ideal para a produção de energia elétrica, torna-se uma condição muito favorável e essa vantagem se alia com o fato de futuramente mais consumidores estarão dispostos a gerar a própria energia, e isso tem gerado uma corrida para as empresas conquistarem esse pedaço do mercado.

As escolas, casas e empresas que produzem a própria energia são chamadas de usinas geradoras de energia fotovoltaica e estão interligadas às redes.

Por que fazer um curso energia solar?

A Aneel (Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica), a partir de 2013, mostra que passou de 23 para 30.900 o número de pequenas conexões de geração de energia, e mais de dois terços são de consumidores residenciais. Isso tudo se da ao fato do valor da energia elétrica ter subido acima da inflação nos últimos tempo, então os paneis solares funcionam como uma saída desse problema.

A energia solar é a fonte de energia renovável mais limpa e abundante disponível, e o Brasil possue alguns dos recursos solares mais ricos do mundo. As tecnologias solares podem aproveitar essa energia para uma variedade de usos, incluindo geração de eletricidade, fornecimento de luz ou um ambiente interno confortável e aquecimento de água para uso doméstico, comercial ou industrial.

Muitos profissionais estão entrando nesse mercado através de um bom Curso de Energia Solar e ganhando muito dinheiro com isso. Esse é um mercado muito lucrativo no momento atual e promete crescer ainda mais, muito rapidamente.

Quase todos os equipamentos são importados, mas com o barateamento ficou mais acessível a população, com isso as “microusinas” solares se comparam com o que ocorreu com a energia eólica. Será gasto cerca de R$ 20 mil para instalar um sistema solar numa residência média, hoje. Porém, esse não é um custo que esta acessível para a maioria dos brasileiros, contudo para um futuro próximo, os prognósticos são positivos.

A multinacional Canadian Solar possui, instalada em Sorocaba (SP), a maior fábrica do segmento de energia solar do Brasil, com capacidade para produzir 1 milhão de painéis fotovoltaicos por ano.

A produção local fará com que os custos dos equipamentos sejam significativamente reduzidos, comparado com os custos de importação, e reduzirá significativamente o tempo de retorno do investimento nas instalações dos sistemas de energia solar fotovoltaica.

Painéis Solares

A empresa acredita que o País voltará a crescer e poderá se tornar o líder regional e mundial na produção de energia fotovoltaica, com um alto potencial para os anos que estão por vir.

Por esse motivo estão entrando de cabeça em curso de energia solar, pois sabem a lucratividade que um negócio de instalação de painéis fotovoltaicos terá futuramente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge