PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07

Câmera térmica FLIR TG165 e MTV-01 – Comparativo!

Câmera térmica FLIR TG165 e MTV-01 – Comparativo!

O que é?

Uma câmera termovisor nada mais é do que uma ferramenta de medição, na qual fornece uma leitura exata da temperatura de algum lugar ou objeto. Muito utilizada em grandes indústrias e empresas. Claro que existem outros equipamentos com um custo de investimento menor e que possuem a mesma finalidade base, mas a riqueza de detalhes adquiridos a partir da medição são o grande diferencial desse instrumento.

Como funciona?

Seu modo de operação é semelhante ao de uma câmera na função infravermelho. Para se obter a leitura da temperatura do local, basta direcionar a câmera para o local que deseja ser avaliado. Após o direcionamento do aparelho, o mesmo leva cerca de alguns segundos até mostrar no visor as indicações de temperatura do ambiente.

Como escolher?

Existem alguns fatores que devem ser levados em consideração na escolha de seu aparelho, é importante que seja estabelecida desde já sua finalidade, assim ser tornará mais fácil filtrar sua escolha através das configurações do mesmo. Mas, existem duas características a serem analisadas antes de adquirir um termovisor: o campo de vista e a emissividade. O primeiro ponto como o próprio nome diz, está relacionado a capacidade da área de atuação do aparelho. A emissividade está relacionada a capacidade do aparelho de identificar a superfície.

Termovisor TG165   X   MTV-01

Fabricado pela empresa FLIR, o termovisor TG165 apresenta manual de instrução, certificado de garantia e qualidade, um cartão de memória de 8GB, um carregador de bateria e o cabo de dados, visto que a bateria é interna. Se possível é sempre bom investir em uma alça de segurança, assim o profissional terá uma maior liberdade para manusear o aparelho.

Já o termovisor MTV-01 vem acompanhado de um manual de instrução, quatro pilhas alcalinas, cabo de dados e o CD de instalação do aparelho. Ambos apresentam preços similares, mas algumas poucas características os diferem.

TG165

Apresenta o corpo do aparelho todo emborrachado e bem anatômico, suporta até 2 metros de altura, possui espaço para você colocar o termovisor em um tripé. Possui uma bateria a base de Lítio com durabilidade de 8 horas e você pode recarregar utilizando o conector USB. Esse modelo já vem com um cartão de memória de 8GB, possuindo a capacidade de armazenamento de até 75 mil imagens BMP na resolução do dispositivo. Caso precise de mais memória poderá utilizar um cartão SD de até 32GB.

Com relação a qualidade de imagem, o modelo da FLIR se supera, em alguns testes feitos constatou-se uma riqueza de detalhamentos ao registrar os níveis de temperatura. Possibilitando o claro reconhecimento do objeto a ser medido. Ela ainda possui a capacidade de medir temperaturas até 380 graus.

MTV-01

Este modelo trabalha com quatro pilhas alcalinas, elas duram cerca de 6 horas. É possível realizar a troca depois desse período. Mas, ao invés de adquirir novas pilhas, você pode optar pelos modelos de pilhas recarregáveis. Tendo somente um custo extra na compra do carregador portátil. Ele tem também um ponto para colocar a alça de segurança. Esse modelo possui slot para micro SD, um cartão de 8GB teria capacidade de armazenagem de 25 mil fotos BMP (cartões SD não inclusos). Possui a capacidade de medir temperaturas até 250 graus.

Considerações Finais

A partir dos dados aqui comparados, pode-se chegar à conclusão de que a escolha do tipo de termovisor irá depender de dois fatores: o capital de investimento e do seu principal uso. Levando em consideração as características técnicas e profissionais, a melhor escolha seria o TG165. Mas, caso tais configurações técnicas não venham a lhe fazer falta, o melhor custo benefício seria o MTV-01.

Espero que as dicas aqui mencionadas tenham lhes ajudado de alguma forma na escolha de seu equipamento. Até a próxima!

Tags: | |

PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07