PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07

Tensão de segurança e extra baixa tensão: O que são?

Tensão de segurança e extra baixa tensão: O que são?

É sempre importante conhecer o ambiente no qual se pretende trabalhar, principalmente quando este oferece algum tipo de risco de acidente. Trabalhar com instalações elétricas requer um certo cuidado, ainda mais quando não se conhece tanto sobre a área. Com esse e outros objetivos as NR’s foram criadas, afim de que a segurança do profissional ou da pessoa responsável pelos reparos fossem asseguradas.

NR 10

A NR 10 trata sobre a “segurança em instalações e serviços em eletricidade”, ela estabelece medidas básicas de proteção e controle preventivo, garantindo de forma eficaz a segurança de toda e qualquer pessoa que venha ter contato direto ou indireto com instalações elétricas.

Medidas de Proteção Coletiva

Dentre as medidas de proteção coletiva a que deve ser mais priorizada é a desenergização elétrica. Quando não for possível tal medida, recomendasse o emprego da tensão segura. Também chamada comumente de extra baixa tensão, trata-se de uma quantidade de carga elétrica máxima, na qual uma pessoa possa ser exposta sem que haja risco de vida (menor com 50V em corrente alternada e menor que 120V em corrente contínua).

Caso ainda ocorra impossibilidade de aplicação da medida citada acima, devem ser aplicadas outras medidas de proteção, como: sinalização, isolação das partes vivas, barreiras, bloqueio do religamento, etc.

EPC

Os equipamentos de proteção coletiva são normalmente utilizados para garantir a proteção de todo o grupo durante a execução de alguma atividade. Em sua grande maioria impedem o acesso de terceiros a determinada área e operam como sinalizadores. Os principais equipamentos de proteção coletiva utilizados na área de elétrica são:

  1. Fita de Sinalização;
  2. Manta Isolante;
  3. Cone de Sinalização;
  4. Extintor de Incêndio;
  5. Degrau Isolante.

Medidas de Proteção Individual

As medidas de proteção individual são aplicadas em sua maioria, quando as medidas de proteção coletiva se tornam inviáveis ou insuficientes. Segundo a NR 6, as vestimentas de trabalho devem ser adequadas ao trabalho, devendo contemplar a condutibilidade, inflamabilidade e influências eletromagnéticas. 

EPI

Os equipamentos de proteção individual possuem o objetivo de assegurar o bem estar físico do profissional da área e passar uma imagem mais profissional para seus clientes. Os principais equipamentos de proteção individual utilizados são:

  1. Óculos de proteção;
  2. Capacete;
  3. Capa protetora;
  4. Ferramentas em bom estado físico;
  5. Luvas e sapatos de borracha;
  6. Cintos de segurança e travas de proteção.

NR 12

Na NR 12 trata-se da “segurança no trabalho em máquinas e equipamentos”, definindo técnicas e princípios fundamentais para garantir a segurança do trabalhador. Em um dos seus itens, em específico o item 1236, menciona que todos os componentes que constituem a interface da operação de máquinas e equipamentos fabricados até 24 de março de 2012, quando indicarem risco devem ser operados em extra baixa tensão de 25V em corrente alternada ou até 60V em corrente contínua.

Ao contrário do que a maioria pensa, não existe a necessidade de substituir todos os quadros de comandos que utilizam tensões de alimentação maiores que a extra baixa tensão, somente os fabricados a partir de 2012 devem possuir as especificações citadas.

Considerações Finais

Toda e qualquer atividade sempre apresentará algum tipo de risco ao ser executada, mas cabe aos profissionais da área amenizarem eles. Pois, quanto maior a prudência ao realizar determinada atividade, menores serão os riscos para o profissional e para as pessoas envolvidas. Tendo isso é vista, é de suma importância que haja uma frequência na utilização de EPC’s e EPI’s no ambiente de trabalho. E mais importante ainda que as empresas responsáveis trabalhem bastante essa questão de proteção através de um técnico na área de segurança no trabalho. Isso evita o risco de possíveis acidentes.

LEIA MAIS:

[sspostsincat category=”Conteúdos Técnicos”]

Tags:

PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07