ELETRICISTA: QUAL seu DIFERENCIAL?

Conforme o tempo vai passando a tendência é crescer ainda mais a competitividade em qualquer área. A grande jogada é possuir um diferencial, de forma que você consiga se manter em sua área se atuação apesar das expansões. Atualmente muitos trabalhadores da área de elétrica pautam senso de justiça e bom preço como diferenciais a serem exaltados, o que de certa forma ressalta a grande confusão entre dois conceitos, diferencial e pré-requisitos.

Um bom profissional que se prese é cunhado de responsabilidade e honestidade ao fazer um orçamento, isso é um pré-requisito e não um diferencial, pois todo profissional independente de sua área de atuação deve ser honesto com relação aos valores sobre o serviço cobrado.

O que poderia ser considerado com diferencial seria: ser ágil no trabalho, oferecer um serviço no qual outros profissionais não possuem. Por exemplo, além de trabalhar com instalações internas também saber montar instalações externas, conhecer novas tecnologias, ter parcerias e com isso oferecer melhores preços. Com relação aos pré-requisitos entendemos que a pontualidade é um deles, cuidado e educação ao tratar o cliente, cuidado com o material do cliente. Tudo isso é pré-requisito.

Sabe-se que a concorrência hoje em dia é um divisor de águas, mas para vencê-la é preciso ser bem objetivo com relação aos seus pré-requisitos, sempre buscar por eles em prática e aprimorá-los. Quem define seu potencial é você, então comece a colocar isso em prática. Nunca é tarde demais pra quem corre atrás. Não utilize como base os padrões dos outros. Cada pessoa trabalha de um modo diferente e cada uma possui um potencial diferente a ser explorado, basta investir nessa buscar. Pois, quem acredita e luta em busca daquilo que almeja sempre consegue.