PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07

Disjuntores de caixa moldada: O que são?

Disjuntores de caixa moldada: O que são?

Um disjuntor se trata de um dispositivo no qual possui a função de proteger instalações elétricas, quando ele identifica uma corrente elétrica superior ao valor nominal da corrente elétrica do disjuntor, ele desarma automaticamente. Interrompendo dessa forma o fornecimento de energia para o circuito, evitando assim danos ao mesmo. Existem três tipos de disjuntores no mercado, existe o mini disjuntor, disjuntor aberto e disjuntor caixa moldada.

Naturalmente quanto maior for o disjuntor, maior será sua capacidade de conduzir corrente elétrica, além dessa característica que os diferem existe também, a capacidade de interrupção de um curto circuito.

Parâmetros Comparativos

Utilizando parâmetros comparativos, temos aqui o disjuntor da Schneider de caixa moldada e um mini disjuntor. Ambos possuem a mesma capacidade de proteção de 50A, mas quando colocados lado a lado percebe-se a diferença de tamanho entre eles. Os disjuntores de caixa moldada são projetados principalmente para uso industrial, mas pode ser utilizado em outros locais, como lojas comerciais.

Mini disjuntor e disjuntor de caixa moldada

Uma das principais características do disjuntor de caixa moldada está em sua construção, normalmente utiliza-se materiais moldados com poucas peças. Basicamente esse modelo possui duas partes e é preso por arrebites, impossíveis de abrir sem danificar, tornando-se assim inviolável. A forma na qual é construído e a utilização de materiais de alta qualidade, contribuem ainda mais para o aumento de sua resistência mecânica e a capacidade de suportar altas temperaturas. Levando em consideração todas essas características, disjuntores desse modelo possuem uma alta capacidade de interromper grandes correntes elétricas de curto circuito.

Comparando o mini disjuntor e o disjuntor de caixa moldada da Schneider, pode-se notar que a capacidade de ICU para o mini disjuntor é de 5KA em 220V enquanto o disjuntor de caixa moldada tem ICU de 100KA em 220V. O que de fato se torna uma diferença muito grande. Além desses dois modelos aqui mostrados, a Schneider possui dispositivos com ICU diferentes.

Portanto, a forma da qual este tipo de disjuntor suportará os efeitos térmicos e magnéticos, será superior ao suportado pelo mini disjuntor.

Características Físicas

Como já mencionado anteriormente, características físicas como tamanho e o tipo de material utilizado na construção de um disjuntor, podem influenciar na sua forma de atuação. Por exemplo, os disjuntores de caixa moldada apresentam toda uma estrutura robusta, tendo em vista que eles são aplicados em diversas áreas, são utilizados principalmente em motores, geradores, proteção de condutores, etc.

APRENDA MAIS:

[sspostsincat category=”Elétrica Segura”]

É importante que equipamentos desse gênero estejam sempre em dia com a manutenção, garantindo assim um bom funcionamento e desempenho do equipamento. O disjuntor aberto possui essa facilidade de verificação, visto que a estrutura do mesmo é exposta. Quando ocorre algum tipo de dano ao disjuntor aberto, existe a possibilidade de apenas trocar as peças e o mesmo voltar ao seu funcionamento normal. Mas, o mesmo não acontece com os mini disjuntores e os disjuntores de caixa moldada. Se houve algum tipo de problema elétrico no qual danifique suas peças, o mesmo terá que ser substituído por um novo disjuntor. 

Espero que tenham gostado das dicas apresentadas. Até a próxima!

LEIA TAMBÉM:

[sspostsincat category=”EletroScope”]

Tags:

PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07