Junte-se a minha lista VIP e receba atualizações e aulas imperdíveis

Entre agora mesmo para o nosso Grupo do WhatsApp e fique por dentro.

Capacitor! O que é, tipos e aplicações!

Capacitor! O que é, tipos e aplicações!

Capacitores se tratam de componentes eletrônicos responsável pelo armazenamento de energia elétrica. Ao conectar um capacitor a uma fonte de energia ele absorve a energia necessária para que ele fique com a mesma tensão da fonte primária. O capacitor se manterá carregado mesmo tendo sua fonte de energia retirada, podendo assim utilizar esta energia para diversos fins, como por exemplo alimentar um circuito.

Mas porque utilizar um capacitor se uma bateria também possui essa característica de armazenar energia? Um capacitor carrega e descarrega muito mais rápido do que as baterias e possuem um tempo de vida útil mais prolongado. O armazenamento de energia nas baterias é feito de forma química e normalmente apresentam produção de calor, resultando assim em um aquecimento. Apesar de as baterias armazenarem mais energia no mesmo volume, elas apresentam uma densidade de energia maior que a de um capacitor.

Como escolher um Capacitor?

Quando se vai escolher um capacitor deve-se levar em consideração três pontos: A tensão máxima, a capacitância e o tipo de capacitor. Pois, cada tipo possui uma forma diferente de atuação. Capacitância é a habilidade de armazenar carga elétrica, sempre que dois condutores estiverem separados por um material isolante, existirá uma capacitância.

Por esse e outros motivos que são utilizadas capacitâncias parasitas em todo o circuito. A unidade mais comumente usada é a Faraday, mas nos capacitores normalmente se utiliza os submúltiplos como uF,nF e pF. É importante lembrar que quanto maior a tensão, mais isolante entre os condutores é necessário ter, assim a atuação do capacitor fica mais garantida.

Quando um capacitor apresenta uma tensão máxima de 16V, isso não quer dizer que ele vai estar com esse valor a todo tempo. Caso a carga transferida para ele seja de 5V, ele ficará com 5V, se colocar uma tensão de 16V ele estará no seu limite. Se um capacitor apresentar um limite X de tensão e você colocar um limite acima do estabelecido, pode ocasionar um vazamento ou até mesmo uma explosão. Por isso, durante a troca de um capacitor em uma placa, escolha sempre um de tensão igual ou superior ao capacitor original.

Tipos de Capacitores

O tipo de capacitor está ligado diretamente a forma de construção e os materiais que são utilizados em sua fabricação. Existem capacitores de poliéster, de mica, de vidro, de alumínio, etc. Com relação ao seu formato podem ser cilíndricos, quadrados, chatos e diversos outros tamanhos e formatos não muito convencionais. Já o tamanho do capacitor depende dos materiais utilizados, quando maior a capacitância e a tensão, maior será o volume do capacitor.

Por exemplo, os capacitores que apresentam cerâmica em sua composição, possuem camadas de metal separadas por um isolante cerâmico. Mas, esse tipo de capacitor não costuma ter uma grande capacitância em relação ao seu volume. Nesse caso, o capacitor eletrolítico possui um eletrólito em sua composição e seu isolante possui uma camada extremamente fina, criada através de um processo químico.

Ao contrário do que muitos pensam, os capacitores eletrolíticos possuem sim polaridade. Caso a polaridade de um capacitor eletrolítico seja invertida ele vai vazar ou até mesmo explodir. Por isso é importante verificar sua polaridade ao liga-lo. A questão da polaridade não vale para todos os capacitores eletrolíticos, mas geralmente eles possuem polaridade. Tudo vai depender de sua aplicação, mas existem sim capacitores eletrolíticos sem polaridade.

Espero que tenham gostado das dicas de hoje. Até a próxima!

Tags:

Junte-se a minha lista VIP e receba atualizações e aulas imperdíveis

Entre agora mesmo para o nosso Grupo do WhatsApp e fique por dentro.