PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07

Furo espanado: Como fixar o parafuso?

Furo espanado: Como fixar o parafuso?


Quem nunca sofreu com um parafuso solto, que não ficou preso de jeito nenhum. Hoje vamos ver como resolver esse problema de fixar de vez um parafuso em um local espanado. Sempre temos algo em casa, no qual necessitamos utilizar a furadeira para fixar na parede. E como todo bom curioso, sempre nos arriscamos em fazer um bom trabalho. Mas, nem sempre a precisão está do nosso lado e acabamos fazendo um buraco maior do que o necessário. E logo pensamos, “como vou consertar isso, sem ter que furar novamente?”

Modos de Solucionar o Problema

Para resolver esse problema precisaremos somente de palitos de fósforo ou palitos de dente. Depois que já espanamos (sem querer) o buraco e mesmo assim tentamos encaixar a bucha, mas a mesma não fixa de jeito nenhum. Nós usaremos os palitos para preencher o buraco. Será necessário quebrar os palitos no tamanho necessário para ocupar o espaço excedente. Então, a bucha se manterá firme na parede e o parafuso conseguirá se manter fixo na rosca.

Técnica Palitos de Fósforo

Pode acontecer de apenas um palito de fósforo/dente não for o suficiente, logo será necessário utilizar mais de um. Por exemplo, um parafuso de 4mm, precisa de um furo de 3mm ou 2,5mm para que ele fique bem fixo na parede. Caso aconteça de você não possuir a numeração da broca exata, e tiver que fazer com uma de 5mm, será necessário de, no mínimo, 2 palitos de fósforo. Isso será o suficiente. Dessa forma, o parafuso ficará bem fixado, ele não sairá mais com tanta facilidade e a garantirá a aderência a esse furo que até então estava espanado.

Esse tipo de técnica pode ser utilizada para qualquer tipo de parafuso que seja do modelo atarraxante. Em superfícies de metal, dependendo da pressão que você necessita aplicar, talvez esta dica não seja a mais viável. Possuem outros métodos de lidar com esse tipo de situação, utilizando roscas substitutivas que a gente coloca em peças de metal. Mas tudo depende do tipo de superfície e da peça. Existem casos que esta técnica da qual ensinamos funciona de maneira eficiente.

Técnica Da Massa Corrida

Caso queira dar um acabamento mais atrativo para solucionar essa questão do buraco espanado, existe uma outra forma de reparar esta falha. Utilizando a famosa e conhecida massa corrida. Aquela massa branca que comumente utilizam antes de se fazer uma pintura nas paredes, afim de alinhar a superfície da parede. O preço de um pote médio varia ente R$ 35 reais a R$ 95 reais, dependendo da marca e da quantidade de produto. Mas, no fim das contas todas possuem a mesma finalidade.

Você deve estar pensando, “posso utilizar essa massa em superfícies de madeira?”. Essa massa branca corrida em específico, não. Mas, existem massas específicas para reparar danos em madeira. No caso das superfícies de metal, somente a soldagem conseguirá fornecer um acabamento impecável.

Bem, esperamos que tenham gostado das dicas de hoje. Até a próxima!

Tags: | |

PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07