PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07

COMO instalar DPS

COMO instalar DPS

Em alguns artigos já foi abordado assuntos referentes aos dispositivos de proteção contra surtos, que são mais conhecidos como DPS. Um surto elétrico pode ocasionar a queima de diversos aparelhos eletrônicos. Devido a isso esse tema foi escolhido em parceria com SIEMENS. Um surto elétrico pode ocorrer devido aos raios que podem vim a cair em uma rede elétrica, partida de grandes motores elétricos, e diversas outras anomalias. Devido a esse e outros motivos é que se deve utilizar sempre um DPS .

Funcionamento e Características

Deve-se entender quais as classes e aplicações de um DPS. Existem três classes de dispositivos de proteção contra surto, que são: classe I, classe II e classe III.

Os DPS`s de Classe I são os dispositivos utilizados na proteção contra os efeitos das descargas diretas, então a sua instalação é realizada no ponto de entrada da instalação, é o mais robusto em relação à capacidade de descarga. Mas, nem sempre é necessário utilizar o DPS classe I, ele só é necessário em alguns casos quando o imóvel está claramente sujeito a descarga diretas, como prédios, imóveis isolados, sítios fazendas e etc.

LEIA TAMBÉM: PARA RAIO e DPS são obrigatórios?

Os DPS`s Classe II são os dispositivos adequados para a proteção contra os efeitos das descargas indiretas, então a sua instalação normalmente é feita no quadro de distribuição, é o mais utilizado em residências e pequenos imóveis comerciais, trabalhando como complemento aos modelos classe I, ou ainda na prevenção contra sobretensões de manobra.

Os DPS`s Classe III são os dispositivos instalados para uma proteção complementar e eles são usados em níveis internos de proteção, sendo instalados próximos aos equipamentos para garantir uma proteção ainda maior. É importante destacar que pelo fato da corrente nominal ser mais elevada, isso proporciona uma margem maior de segurança e uma vida útil muito mais longa. Enquanto a corrente máxima representa o valor máximo de um impulso de corrente que o dispositivo pode funcionar com segurança.

Instalação

Existem somente duas maneiras de realizar a ligação do DPS, a ligação em série e a ligação em paralelo. Na ligação em série, o DPS está protegido por meio do dispositivo de proteção instalado no quadro de distribuição em série com o DPS. No caso de sobrecarga no DPS, o dispositivo de proteção dispara desligando toda a instalação. Este dispositivo de proteção pode ser fusível. Mas, na ligação em paralelo, o DPS pode ser protegido por meio do dispositivo de proteção instalado no cabo de conexão do DPS. Dessa maneira quando o dispositivo de proteção entrar em ação, apenas o circuito protegido é desligado e o resto da instalação continua energizada.

Espero que tenham gostado das dicas de hoje. Até a próxima!

Tags: |

PARTICIPE DA SEMANA DO ELETRICISTA PROGRAMADOR

Nessa semana você vai aprender em 3 passos como Programar CLP! De 13 a 17/07