E esses ECONOMIZADORES DE ENERGIA?

E aqueles dispositivos de economia de energia? Eles realmente funcionam? Há muitos anos o pessoal do Mundo da Elétrica faz vídeos e as pessoas continuam perguntando sobre esses dispositivos de economia de energia. São aqueleas pequenos dispositivos que vemos as pessoas que vendem pela internet e que dizem que vai reduzir o seu uso de energia e também sua conta de energia. Nós podemos ver muitos daqueles vendendo em lojas online e no Mercado Livre.

Existem muitos tipos de dispositivos de poupadores de energia. No final deste vídeo você verá um tipo isso funciona de verdade. Então continue a leitura! Veja os tipos:

Os que reduzem o fator de potência

O primeiro tipo são aqueles que prometem reduzir o fator de potência. Em outras palavras, o fator de potência é um número que aponta para nós o quão eficiente é o uso de energia de determinado aparelho. Se você possui vários motores elétricos em uma indústria, você terá um fator de potência menor e isso quer dizer que há um monte de energia reativa sendo entregue na sua instalação. E, claro, você será cobrado por isso, porque você está usando muito mais capacidade da rede de distribuição da concessionária de energia.

Mas isso só ocorre na área industrial. As casas não são cobradas pela energia reativa. Então, se é para você pagar menos em sua conta de energia não importa que você tenha um melhor fator de potência em sua casa porque não faz diferença alguma.

Agora se você é um cliente industrial ou comercial ou então um condomínio, você precisará se preocupar com esse assunto. E há outro ponto, muito claro: não é um dispositivo tão pequeno como esse que vendem por aí que vai para diminuir o fator de potência da sua casa. Os bancos de capacitores utilizados para essa finalidade ​​são, geralmente, grandes e, na maioria das vezes, são sistemas muito complexos inventados pelos grandes da indústria.

imagem de banco de capacitores
Banco de capacitores

Você, com certeza, precisaria compreender o que está fazendo para configurar e instalar um banco de capacitores. Além disso… os itens que gastam mais energia em uma residência como chuveiros, fornos elétricos e ferro de passar roupa, eles são todos resistivos e eles não fazem piorar o seu fator de potência.

Os que diminuem o consumo de equipamentos resistivos

Outro tipo de dispositivo de poupança de energia prometem reduzir o uso de energia de equipamentos resistivos, como ferro de passar roupa, chapinha, forno elétrico, grill elétrica, secador de cabelo, cafeteira, fritadeira sem óleo, dentre outros.

Resistência é a coisa mais fácil que você verá quando aprender eletricidade. Toda a energia que você disponibilizar para uma resistência, ela será consumida. Então, esses dispositivos que prometem economizar energia apenas em eletrodomésticos resistivos, o que eles estão fazendo é apenas alterando a potência fornecida para o seu eletrodoméstico. Eles são como se fossem um dimmer como aqueles que nós utilizamos para a lâmpada, porém com uma potência fixa. É por isso que os fabricantes desses dispositivos não recomendam que você utilizem o equipamento deles em chuveiros elétricos ou lâmpadas incandescentes. Isso porque nós consumidores perceberíamos que a água não está esquentando o suficiente ou que a lâmpada não está “reluzente” como deveria. Por exemplo, vamos supor que você ligue sua sanduicheira elétrica em um desses equipamentos que prometem diminuir seu consumo e, pegar o multímetro e medir a corrente, você vai ver que não dar para fazer o misto quente, porque tem menos corrente elétrica passando pelo fio. Agora você deve ter pensado:

Ah! Então estou economizando energia!

Só parece. Isso é porque tem menos energia sendo entregue à sua sanduicheira. No começo você pode parecer que está poupando energia. Mas o que está acontecendo de fato agora é que o sanduíche vai demorar mais tempo para ficar pronto. Em vez de demorar 3 minutos para torrar o seu pão, a sanduicheira elétrica vai demorar de 4 a 5 minutos na tomada. No final das contas, você não estará economizando energia: ou vai sair mais caro ou vai dar no mesmo.

E é ainda pior do que você imaginava: até mesmo uma sanduicheira ou um secador de cabelos eles possuem partes projetadas para trabalhar na tensão padrão proveniente da rede elétrica. Eles têm proteções, sensores e vários elementos que não pode trabalhar da forma correta se você liga-lo à uma fonte de energia que foi modificada por estes dispositivos economizadores de energia.

Então, se você conectar sua geladeira, freezer, microondas e dispositivos mais complexos é pior ainda. Há chance de você causar um defeito é considerável e pode ficar oneroso para você ou seu cliente. Vários desses dispositivos não seguem normas de segurança elétrica e é até difícil de saber o fabricante.

normas de segurança eletrica

Você percebe isso de forma clara, pois, na maioria dos casos, eles não têm explicações técnicas esmiuçadas no manual do fabricante.

Muitas vezes, o a página de vendas ou manual desses produtos (isso, quando eles existem), possuem informações técnicas que são complicadas o suficiente para convencer o leigo, e completamente rasas e até sem sentido, do ponto de vista de quem sabe sobre eletricidade. Geralmente os vídeos que “afirmas” o o bom trabalho dos economizadores de energia são um desastre no âmbito técnico.

Mas os vídeos que provam que eles não funcionam como prometem, esses são muito mais bem detalhados e completos.

Os temporizadores

Agora eu disse que falaria sobre um tipo de economizador de energia que realmente funciona. esses daí fazem sentido. Eles são os temporizadores. Eles são mais usados ​​em chuveiros elétricos (que é o aparelho que mais consome energia numa casa). E sua função é limitar o tempo ligado permitido por chuveiro.

Quer economizar energia?

  • Use menos;
  • Compre eletrodomésticos mais eficientes;
  • Tenha uma instalação elétrica bem feita sem fulgas;

Não existe magia quando o assunto é eletricidade. Se fosse tão simples assim economizar energia, as concessionárias de energia incentivariam o uso desses dispositivos que são vendidos por aí.

Mas o que ocorre é exatamente o contrário: na Europa, eles removeram muitos desses dispositivos do mercado e existem vários avisos que alertam quais desses dispositivos que não funcionam! E não é apenas na Europa. Até no Brasil já tem várias empresas que fizeram o teste destes produtos.

Você pode compartilhar esse artigo com algum amigo seu que acha que está economizando energia com o uso de um desses dispositivos de economia de energia.