O que é um diodo?

Apesar do nome estranho acredito que muitas pessoas já tenham vido ou ouvido falar sobre um Diodo, mas não sabem identificar ao certo o que é e para que serve. Provavelmente você está lendo este artigo em um celular ou computador, e por incrível que pareça, neste exato momento você está olhando para milhões de diodos! Em específico, se trata de um diodo transmissor emissor de luz, conhecido como LED. Um diodo nada mais é do que um dispositivo que permite que a corrente percorra apenas em um único sentido. Ele possui dois terminais e sua polaridade é indicada por um símbolo.

Se parar para observar o triângulo do diodo utilizado para simbolizar uma seta, esta seta estará indicando o sentido em que a corrente elétrica irá percorrer, percorrendo do anodo para o catodo. A pequena linha branca no catodo do diodo também é representada pela linha vertical, o que ajuda a identificar a polaridade.

Funções de um Diodo

Um diodo apresenta diversas utilidades, como de um retificador, conversor de tensão, passando de alternada em contínua. Mas, como qualquer outro dispositivo seu funcionamento não é perfeito. Quando a corrente começa a fluir através de um diodo, sempre uma porcentagem da energia é dissipada em forma de calor, esse tipo de reação do diodo é percebido através do aquecimento do mesmo.

Não existe um valor exato da corrente para que esse fenômeno aconteça, tudo varia de acordo com o tipo de diodo e com a temperatura. Se considerar que a queda será de 07V, ou seja, para que o diodo conduza eletricidade será necessário colocar pelo menos 07V, para que a corrente passe do anodo para o catodo, caso utilize um valor abaixo, o diodo não conduzirá eletricidade.

Ou seja, se a corrente apresentar um valor de 50V entre o anodo e catodo de um diodo, a corrente passará pelo diodo e a tensão no diodo será de 07V, restando 43V para o restante do circuito. Para alguns circuitos essa queda de tensão, pode apresentar alguns problemas, por esse motivo existem diodos com características diferentes.

Como escolher um Diodo?

É importante que você saiba a potência máxima do diodo, pois ele possui a característica de dissipar calor, assim você saberá se essa perda será ou não significativa para o funcionamento do sistema. O cálculo da potência é feito através da multiplicação da queda de tensão no diodo pela corrente que está passando por ele. Se tiver uma corrente de 500mA passando por um diodo, a queda de tensão normalmente será de 7V, sendo assim a potência dissipada será de 0,5A*0,7V = 0,35.

Para muitos, a potência de 35W pode não ser um valor alto, mas nesse caso acarretará o aquecimento do diodo e pode causar danos dependendo do tipo de circuito. Por isso é importante saber o valor da corrente máxima suportada por um diodo.

Corrente Elétrica

Um dos grandes mitos que circundam no meio da elétrica relacionada ao diodo, é de que se pode aumentar a carga suportada colocando dois diodos em paralelo. Mas, o que vai acontecer é totalmente ao contrário. Um dos diodos vai receber a corrente mais rápido, propositalmente conduzirá a corrente primeiro, recebendo, assim, mais corrente do que o outro. Não ocorrerá uma divisão proporcional de corrente entre os diodos da forma que acontece com os resistores.

Velocidade de Chaveamento e Tensão Reversa

Cada diodo possui um tempo específico para a abertura e fechamento da válvula, o que determina quando o fluxo da corrente. O que determinará isso será o tipo de diodo, existem diodos para serem utilizados em baixa frequência e outros que permitem uma fluidez da corrente de forma mais rápida.

Outra característica que vale ser ressaltada é a respeito da tensão reversa máxima, ou seja, qual a tensão que o diodo consegue restringir a passagem da corrente elétrica. Relacionando com o exemplo dado anteriormente da válvula de água, seria o mesmo que dizer qual a pressão máxima na qual a válvula suportaria sem deixar a água vazar.

Como testar um Diodo?

Antes de utilizar um diodo é sempre bom, quando possível tirar um tempo para testá-lo. O multímetro é um dos equipamentos que podem ser utilizados para testar um diodo. Basta colocar o multímetro na escala de continuidade, em alguns vem um símbolo do diodo, caso no seu tenha é só o selecionar. Ligue o terminal positivo do diodo com o terminal positivo do multímetro e o terminal negativo do diodo com o do terminal negativo do multímetro. Feito isso você ouvirá um bip, no qual indicará que o diodo está conduzindo corrente elétrica em um sentido. Caso o diodo conduza nos dois sentidos ou em nenhum deles, isso significa que ele está avariado.

Espero que tenham gostado das dicas de hoje. Até a próxima!